sábado, 30 de outubro de 2010

Uma luz no final do túnel

Para as mulheres que sofrem de Tensão Pré-Menstrual (TPM) duas palavras de esperança.

A Dra. Thelma Lovick, da University of Birmingham, está estudando em ratas de laboratório o efeito de doses baixas do antidepressivo Prozac (fluoxetina) - apenas 2mg de fluoxetina, logo no início dos dias em que os sintomas da  TPM aparecem.

No início do ciclo menstrual os níveis de progesterona vão aumentando para preparar o útero para receber o ovo. Se o óvulo não é fertilizado, os níveis de progesterona caem. É quando começam os sintomas da TPM, por volta do início da segunda metade do ciclo menstrual. Um dos metabólitos da progesterona é a alopregnenolona (ALLO), a qual inibe a atividade do circuito cerebral envolvido no controle das emoções. Quando os níveis de ALLO caem, como ocorre durante o período pré-menstrual, esta inibição é reduzida e os sintomas da TPM aparecem. A ALLO geralmente produz efeitos calmantes. No presente estudo, doses baixas de fluoxetina foram testadas para aumentar os níveis de ALLO, evitando o desencadeamento do aparecimento dos sintomas da TPM.

Tudo ainda está em estudo e a Dra. Telma diz que o tratamento parece não funcionar para uma pequena parcela de mulheres (3 ou 4%) que sofrem de uma condição psiquiátrica conhecida como Desordem Disfórica Pré-Menstrual (DDPM), deduzindo-se que TPM e DDPM não significam a mesma coisa, como pensam alguns.

Resta então às mulheres que deste mal sofrem - TPM - aguardar com esperança os resultados da pesquisa em seres humanos. Ou então, para que permaneçam sociáveis durante seus períodos pré-menstruais e não sintam vontade de estrangular seus companheiros por qualquer razão, a minha sugestão é de que permaneçam grávidas o máximo de tempo possível, evitando desta forma a queda acentuada dos níveis de progesterona e consequentemente dos níveis de ALLO.

PS: a última parte é brincadeirinha, viu colegas?

Um comentário:

Regina Fernandes disse...

Então, a TPM é terrível mesmo e haja paciência com as mulhers....rsrsrs.
Pena que para mim a solução virá um pouco atrasada...kkkkk
Bjão